CRES 2018 define ações e recomendações para a próxima década

Publicado el 14 DE JUNIO, 2018


CRES 2018 define ações e recomendações para a próxima década

Leitura da Declaração marca a agenda de atividades da Conferência nessa quinta-feira

Na tarde de hoje, 14 de junho de 2018, em Córdoba, acontece a cerimônia de encerramento da III Conferência Regional de Educação Superior (CRES 2018), momento no qual que será lida a declaração final. Este documento junto com o plano de ação que será definido nos próximos meses, são os encaminhamentos principais da reunião, que trouxe à Argentina integrantes dos governos, das instituições de ensino superior, estudantes, representantes da sociedade civil e interessados em educação, e servem como diretrizes para a participação latino-americana e caribenha na Conferência Mundial de Educação Superior da UNESCO, que será realizada em Paris, em 2019.

O diretor do Instituto Internacional para a Educação Superior na América Latina e Caribe (UNESCO-IESALC), Pedro Henríquez Guajardo, destaca a importância dos dois documentos para a elaboração de uma concepção da educação superior na região. “A declaração é um instrumento político e o plano de ação é a parte concreta. Nossa meta é que a declaração se converta em propostas permanentes. O plano tem duração de 10 anos e deve ser implementado a partir de janeiro de 2019”.

Formas de inibir a desistência dos países também estão sendo debatidas. “Vamos tentar estabelecer o mínimo de obstáculos, para evitar que as instituições, de fato, assumam o compromisso com a implantação das premissas e orientações estabelecidas de forma coletiva durante todo o trabalho. Também vamos contar com uma forma de acompanhamento para avaliar a implantação do plano”, completa Guajardo.

Organizada em conjunto pelo Unesco-IESALC, pela Universidade de Córdoba, pelo Conselho Interuniversitário Nacional (CIN) e pela Secretaria de Políticas Universitárias (SPU) do Ministério da Educação da República Argentina, a CRES 2018 é uma das reuniões preparatórias da Conferência Mundial sobre o Ensino Superior, que ocorrerá em Paris, em 2019, e marca o centenário da Reforma Universitária de 1918, em defesa da autonomia e democratização da universidade pública. A conferência debate o atual cenário da educação superior na América Latina e Caribe e as estratégias para a próxima década com vistas aos objetivos do desenvolvimento sustentável e definições da agenda 2030 das Nações Unidas. A CRES está em sua terceira edição. As duas primeiras foram realizadas na Havana, Cuba (1996) e Cartagena de Indias, Colômbia (2008).

REDES CRES 2018

Programa